Aguarde estamos carregando o maior site especializado em Internacional
  1. FutInter

Marinos x Ulsan: Anderson Lopes, do Brasil ao Japão, sonha com Mundial

Por Redação FutInter em 16/04/2024 07:10

Anderson Lopes: Do Coque ao Estrelato no Japão

Anderson Lopes, atacante brasileiro do Yokohama Marinos, vive um momento especial em sua carreira. Nascido no Recife e criado na comunidade do Coque, Anderson iniciou sua trajetória no futebol no São José, de Porto Alegre, levado pelo ídolo Walter. Após atuar ao lado de Fred e Alisson no Internacional, Anderson iniciou sua jornada na Ásia, passando por Hiroshima, Consadole Sapporo, FC Seul e Wuhan antes de retornar ao Japão para o Yokohama Marinos.

Yokohama Marinos: Um Sonho de Mundial

No Yokohama Marinos, Anderson Lopes se encontrou e se tornou um dos principais jogadores do clube. Em 2022, foi campeão japonês e, em 2023, artilheiro da competição com 22 gols. Atualmente, o Yokohama disputa a semifinal da Liga dos Campeões da Ásia, e Anderson é a principal esperança de gols da equipe. "Esse é meu objetivo maior: ser campeão da Ásia e jogar o Mundial", afirmou Anderson . "Vai ser diferente, com vários clubes do mundo. Imagina estar lá."

Ídolo Brasileiro no Japão

Anderson Lopes tem uma relação especial com o Japão. Ele já enfrentou o Kashima Antlers, treinado por Zico, e teve a oportunidade de conversar com o Galinho. "É ídolo máximo, muito respeitado aqui. O japonês olha o Zico como um deus", disse Anderson . "Meu primeiro contato com ele foi em Sapporo, depois de eu fazer quatro gols em um jogo pela primeira e única vez na carreira. Falei com o Bruno Quadros, que trabalhava no Sapporo e é amigo do Zico, e ele disse que eu podia chegar. O Zico brincou sobre a história do fosso, puxou resenha, conversando, muito gente boa."

Marinos x Ulsan: Um Confronto Histórico

Nesta quarta-feira, o Yokohama Marinos enfrenta o Ulsan, da Coreia do Sul, em busca de uma vaga na final da Liga dos Campeões da Ásia. Anderson Lopes é a principal arma ofensiva do Yokohama e espera fazer história no clube. "A nossa equipe é muito focada nessa competição", afirmou Anderson . "Sabemos do nosso potencial, por mais que seja time da Arábia Saudita, com jogadores famosos, mas a gente não olha muito esse lado. O japonês não tem muito dessa, é sangue frio." O jogo de volta entre Yokohama e Ulsan será no Japão no dia 24. Na outra semifinal, com o primeiro jogo nesta terça-feira, Al Hilal, da Arábia Saudita, e Al Ain, dos Emirados Árabes, disputam a outra vaga na decisão.

AVALIE ESTA NOTÍCIA

Comentários:
Ranking Membros em destaque
Rank Nome pontos